segunda-feira, 23 de maio de 2016

O GOLPE ASSUMIDO PELOS PRÓPRIOS GOLPISTAS

Resumo da conversa que comprova o interesse de políticos no afastamento de Dilma para contenção da  Lava Jato e aponta o envolvimento de Aécio em esquemas de corrupção

Imagem: Revista Fórum
Para quem não está por dentro ou ainda não entendeu o imenso escândalo político que está acontecendo no momento sem a cobertura minimamente adequada da mídia, aí vai um resumo:

A Folha de São Paulo divulgou uma conversa entre o atual ministro do Planejamento Romero Jucá e o ex-presidente da Transpetro (empresa controlada pela Petrobras) Sérgio Machado, ocorrida em março. Na conversa:

1. Eles escancaram o planejamento de um golpe, com a finalidade de barrar a Lava Jato:

MACHADO - Rapaz, a solução mais fácil era botar o Michel [Temer] [...] É um acordo, botar o Michel, num grande acordo nacional.

JUCÁ - Com o Supremo, com tudo.

MACHADO - Com tudo, aí parava tudo.

JUCÁ - É. Delimitava onde está, pronto. [...] [Em voz baixa] Conversei ontem com alguns ministros do Supremo. Os caras dizem "ó, só tem condições de [inaudível] sem ela [Dilma]. Enquanto ela estiver ali, a imprensa, os caras querem tirar ela, essa porra não vai parar nunca". Entendeu? Então... Estou conversando com os generais, comandantes militares. Está tudo tranquilo, os caras dizem que vão garantir. Estão monitorando o MST, não sei o quê, para não perturbar.

2. Apontam a participação de Aécio nos esquemas de corrupção:

MACHADO - A situação é grave. Porque, Romero, eles querem pegar todos os políticos. É que aquele documento que foi dado...

JUCÁ - Acabar com a classe política para ressurgir, construir uma nova casta, pura, que não tem a ver com...

MACHADO - Isso, e pegar todo mundo. E o PSDB, não sei se caiu a ficha já.

JUCÁ - Caiu. Todos eles. Aloysio [Nunes, senador], [o hoje ministro José] Serra, Aécio [Neves, senador].

MACHADO - Caiu a ficha. Tasso [Jereissati] também caiu?

JUCÁ - Também. Todo mundo na bandeja para ser comido. [...]

MACHADO - O primeiro a ser comido vai ser o Aécio. [...] Eu acho o seguinte: se não houver uma solução a curto prazo, o nosso risco é grande. É aquilo que você diz, o Aécio não ganha porra nenhuma...

JUCÁ - Não, esquece. Nenhum político desse tradicional ganha eleição, não.

MACHADO - O Aécio, rapaz... O Aécio não tem condição, a gente sabe disso. Quem que não sabe? Quem não conhece o esquema do Aécio? Eu, que participei de campanha do PSDB...

JUCÁ - É, a gente viveu tudo. [...]

Mais sobre o diálogo aqui: http://www.valor.com.br/politica/4573901/leia-trechos-dos-dialogos-entre-romero-juca-e-sergio-machado