sábado, 24 de agosto de 2013

COMO SOBREVIVER EM SALAS DE BATE-PAPO GAY

Pergunta: "idade"


Tradução: Qual é a sua idade?


Análise: O interlocutor quer saber qual é a sua idade. Algumas pessoas já indicam a idade no nick.


Possíveis problemas: Você pode achar ríspida uma pergunta no estilo “bate-bola” logo de cara. O interlocutor pode estar buscando apenas pessoas numa certa faixa etária.


Resposta: Diga sua idade.


Pergunta: “tc de onde?”

Tradução: Tecla de onde?

Análise: O interlocutor quer saber em que bairro você mora. Se o interesse envolvido é estritamente um encontro sexual, a proximidade irá afetar positivamente. Algumas pessoas já indicam o bairro ou a região no nick.

Possíveis problemas: Pode ser que o interlocutor esteja procurando apenas pessoas geograficamente próximas a ele.

Resposta: Diga seu bairro.


Pergunta: “atv ou pas?”, ou “o q curte?”

Tradução: Você gosta de introduzir o seu pênis no ânus do seu parceiro sexual (“ativo”) ou de que ele introduza o pênis dele no seu ânus (“passivo”)?

Análise: A pergunta pressupõe que existam apenas dois tipos de gays. Os que gostam de “dar o cu” e os que gostam de “comer cus”. Ou seja: além de ter que gostar de introduzir o seu pênis no ânus de alguém ou de ter um pênis introduzido no seu ânus, você tem que gostar de apenas uma dessas opções.

Possíveis problemas: Se você não gosta de introduzir o seu pênis no ânus do seu parceiro sexual, nem de ter o pênis dele introduzido no seu ânus (prática conhecida como penetração), você possivelmente terá dificuldade em encontrar um parceiro que se disponha a ter relações sexuais com você. Se você gosta de introduzir seu pênis no ânus do seu parceiro e também de que ele introduza o pênis dele no seu ânus, você possivelmente terá que se contentar em ter uma dessas experiências por vez, dependendo do parceiro que encontrar. Se para você isso é algo que depende do parceiro, você possivelmente terá dificuldade em encontrar alguém que tope pagar para ver. Se você ainda tem pouca experiência sexual, pode ser que você ainda não saiba do que gosta.

Resposta: Se você gosta de introduzir o seu pênis no ânus do seu parceiro sexual e também que ele introduza o pênis no seu ânus, diga que você é “versátil”. É uma variação mais rara, mas inteligível e aceita. Entretanto, pode ser que o interlocutor não se interesse em transar com você, por acreditar que você poderá insistir para que seja realizada entre vocês a prática que ele não gosta (penetrar, no caso de "passivos", ser penetrado, no caso de "ativos"). Se você não gosta de introduzir seu pênis no ânus de alguém, nem de ter um pênis introduzido no seu ânus, diga que você gosta apenas de “sarro” (prática em que ocorrem carícias entre os corpos, mas nenhum pênis se insere em nenhum orifício do corpo de ninguém) e/ou de sexo oral. Se você ainda não sabe se gosta ou não de penetração, diga que você até hoje só tirou “sarro” e/ou fez sexo oral com seus namorados e/ou ficantes (ou que você é virgem, se for o caso). Se para você é algo que depende do parceiro, diga que é “versátil”, mas prefere ser “ativo” ou “passivo”, e que tem vezes em que gosta mais de tirar “sarro” e/ou fazer sexo oral.


Pergunta: “como vc é?”

Tradução: Qual é a sua altura, quanto você pesa, como é o seu corpo, qual é a cor da sua pele, quantos centímetros tem o seu pênis?

Análise: As opções possíveis para “como é o seu corpo” costumam ser “gordo”, “magro”, “sarado” ou “normal” (que significa "nenhuma dos anteriores"). Geralmente também se diz se o corpo é “lisinho”, ou seja, sem pelos, ou “peludo”. Pela cor da pele, o interlocutor costuma se designar como “branco” se for branco ou pardo de pele clara,“moreno claro” se for pardo e tiver a pele em uma tonalidade média entre o preto e branco, “moreno escuro” se  for pardo e tiver a pele escura, ou “negro” se for preto.

Possíveis problemas: Você pode achar muito invasivo dar essas informações em um primeiro momento, ou se chatear pela relevância que elas assumem nesse tipo de interação.

Resposta: Você pode omitir o peso, a altura e sua quantidade de pelos, e falar apenas que é “magro”, “alto”, “gordo”, “baixo”, etc (mas nem sempre o interlocutor vai ficar satisfeito e pode pedir suas medidas). Você pode omitir as informações sobre seu pênis (pode ser, entretanto, que elas sejam perguntadas diretamente). Mesmo que você não concorde que “moreno” seja uma cor de pele, use esse termo para tornar-se inteligível (não use-o para cor de cabelo, ou você será mal entendido, aliás, você só precisa dizer a cor do cabelo se for ruivo, loiro ou grisalho).


Pergunta: “o q procura?”

Tradução: Você entrou na sala de bate-papo em busca de sexo casual, namoro e/ou para fazer amizades?  

Análise: Sim, aparentemente há pessoa que entram em salas de bate-papo gay para fazer amizades, mesmo quando o tema da sala é “sexo”. Sim, há pessoas que entram em salas de bate-papo gay buscando namoro, apesar de a maior parte delas ter “sexo” como tema. É que muitas vezes não há salas gays como o tema “namoro” que sejam divididas por cidade. Aí fica difícil encontrar alguém da sua própria cidade para namorar e se entra com essa finalidade na sala sobre sexo. Há quem coloque a palavra “namoro” no nick, para deixar suas intenções claras. Há os que colocam a palavra enigmática “sério”, que pode ou não indicar interesse em namoro (às vezes indica que a pessoa não é assumida e quer discrição, às vezes indica que a pessoa é assumida e quer alguém que tenha a homo-orientação bem definida, ou seja, pode indicar quase tudo). Há quem coloque “local” ou “s/ local” no nome. Esses querem sexo apenas.

Possíveis problemas: Se você procura namoro em uma sala de sexo, vai ser difícil encontrar alguém compatível. Se procura amizade, pior ainda.

Resposta: Apenas diga o que você procura.


Pergunta: “vc é discreto?”

Tradução: Pode significar “Você é assumido?” ou, por mais diferente que seja, “Você é ‘afeminado’?”.

Análise: A pergunta é confusa.

Possíveis problemas: Se você for “afeminado”, possivelmente terá problemas em encontrar parceiros interessados em ter relações sexuais com você (como sabemos, há uma desvalorização dessa característica, que significa não se adequar aos padrões de masculinidade). Se seu interlocutor procura namoro ou exige que seus parceiros tenham sua homo-orientação bem definida, não ser assumido pode ser um entrave. Se ele quer sigilo, ser assumido pode ser o entrave.

Resposta: Diga que é assumido ou não. Se a pessoa quiser saber, na verdade, se você é "afeminado" ou não, ela perguntará. Se você acha que é, acredito que seja melhor dizer que é “um pouco”.


Pergunta: “MSN”

Tradução: O interlocutor gostaria de manter contato com você via messenger.

Análise: Quem usa MSN ainda? Ele não acabou?

Possíveis problemas: Muitas pessoas não gostam de conversar pela sala de bate-papo, e entram apenas parar trocar nicks em messengers com possíveis parceiros. Possivelmente você terá problemas para manter conversas se não tiver um nick no Skype.

Resposta: Se não tiver um Skype, faça um. Diga que tem Skype (alguns mais contemporâneos já pedem por ele) e passe seu nick para a pessoa te adicionar. Se não der em nada, você pode removê-lo posteriormente da sua lista de contatos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário