quarta-feira, 13 de abril de 2011

Glee arasa quarteirão, mundo!


Hoje revi o episódio “Furt”, de Glee. Como sempre, chorei metade da água do meu corpo. Essa serie é coisa mais linda de Deus, gente!

Então resolvi preparar uma lista dos episódios mais imperdíveis! Se você ainda não assiste à série, baixe estes, pelo menos, e veja. Você não vai se arrepender. Sério.

2.06 – Never Been Kissed: Descoberta do porquê de Karofsky atormentar Kurt.

2.08 – Furt: A perseguição de Karofsky a Kurt.

1.04 – Preggers: Cena impagável de dança no jogo de futebol americano.

2.16 – Original Song: O beijo mais esperado da série!

1.06 – Vitamin D: Performances hilárias do pessoal cantando doidão.

2.02 – Britney/Brittany: Brittany arrasando!

1.22 – Journey: O nascimento do bebê de Quinn.

2.15 – Sexy: Santana descobrindo seus sentimentos.

1.09 – Wheels: a entrada da irmã de Sue e de Becky.

2.14 – Blame It on the Alcohol: Mais uma performance perfeita de Brittany.

1.20 – Theatricality: Rachel descobre a verdade sobre sua origem.


Sério, gente. Essa série é genial. Vai entrar pra história. Nunca vi um show de valores democráticos associdados a tanto drama e humor!

segunda-feira, 11 de abril de 2011

Encantado com esse cordel

Um primeiro capítulo impecável. Épico, cômico e dramático. Tudo ao mesmo tempo. Elenco de primeira. Fotografia de cair o queixo. Roteiro brilhante. Texto impecável. Cordel Encantado mostrou que veio para fazer história e dividir águas na teledramaturgia brasileira.

As autoras, Thelma Guedes e Duca Rachid, não surpreendem. Já sabíamos que elas eram geniais. Com um enredo policial, Cama de Gato, a última novela da dupla, conseguiu dar vida nova às novelas das seis, um horário que vinha entrando em decadência desde que Walcyr Carrasco havia migrado para as sete.

A linguagem poética e semi-artística das microsséries já vinha sendo apontada há tempos como um dos expoentes de qualidade na produção da Rede Globo. Pois Cordel Encantado, além de levar essa linguagem para as telenovelas pela primeira vez, ainda conseguiu melhorá-la.

Todos se admiraram e se emocionaram com Hoje é Dia de Maria e Capitu, os dois maiores sucessos do gênero, mas grande parte do público achava o texto pesado, difícil de entender. Pois Thelma e Duca fizeram um mix desse gênero, com um outro que tem sido outro expoente da produção cultural brasileira, mas no cinema: os filmes de Guel Arraes: Lisbela e o Prisioneiro, Caramuru, O Auto da Compadecida.

A linguagem leve e acessível dessas brilhantes obras (que conseguem geram uma aura ao mesmo tempo de época e de atemporalidade, e um regionalismo com o qual todos se identificam) foi misturada ao universo poético das microsséries, gerando um resultado fantástico. Das comédias de Guel Arraes poderiam também ter nascido Úrsula e Nicolau, dois dos mais fantásticos personagens da trama.

Da linguagem do cinema veio também a fotografia emocionante que fez os efeitos especiais se tornarem meros coadjuvantes, ficando, então, no lugar que lhes cabe.

Outro personagem que merece destaque é Miguézim. Nachtergaele arrasando como sempre.

domingo, 10 de abril de 2011

Alguns tabus sexuais

Por que a masturbação mútua é uma prática sexual tão pouco explorada?

A maioria das pessoas acha q sexo é pinto na buceta, pinto no cu, pinto na boca, buceta na boca. Fim. Gente, ninguém tem mão aí não? Ninguém se masturba? Ou vocês se chupam e comem seus próprios cus? Se fazem isso, parabéns, vocês são super elásticos. Se não, devem saber que usar as mãos é uma ótima fonte de prazer sexual. Logo, dar uma mãozinha pro seu parceiro também pode ser muito bom! O mesmo vale pro sarro! A maioria das pessoas gosta de se masturbar se esfregando contra uma almofada, ou coisa do tipo, mas não faz isso com o parceiro. Gente, a diferença da masturbação pro sexo, é que no primeiro você gostaria de ter alguém pra brincar com você, mas infelizmente não tem. Uma vez que você achou um coleguinha, tá valendo tudo, desde que vocês se sintam bem. O que mais importa no sexo, é que você tem ali alguém pra te excitar, te acariciar, o que é muito melhor que imaginar isso! Logo, o mesmo que você faz sozinho, pode fazer acompanhado, e vai ser muito melhor!


Por que quando dois homens vão transar, sempre tem que haver penetração?

Sexo anal dói. Às vezes a dor é pequena, super suportável. Nesses casos o prazer vale a pena. Mas pra isso tem que usar lubrificante e estar com tesão. Tem tanto cara que dá de pinto mole! Aff... assim é pedir pra sofrer, é quase ser violentado! Se não tá afim, apenas não faça sexo anal. Ninguém é obrigado a dar o cu, e tem outras formas de se divertir!


Por que quando as pessoas fazem sexo oral em homens, querem engolir o pinto todo?

Cara, fico admirado com gente que consegue pôr um pinto inteiro na boca. E num tô falando de um pinto pequeno, de 12cm não. Tô falando de 20cm+! Como é que pode? Nunca tentei, afinal sou héteros [sic], mas imagino que deva dar vontade de vomitar! Uma coisa imensa entrando abaixo e saindo goela acima, aff! Até entendo que algumas pessoas não sintam ânsia de vômito, nem qualquer incômodo em fazer isso. Nesses casos, ótimo! Engula tudo mesmo! Afinal, deve ser ótimo ter seu pinto inteirinho dentro da boca de alguém. Mas se você não é esse tipo de pessoa, nem tente! Não vale a pena sofrer pra fazer sexo, é pra ser algo prazeroso.


Por que a maioria dos héteros acha que enfiar o dedo no cu = ser gay?

O cu é uma das áreas mais sensíveis do corpo. O “fio terra” é uma ótima fonte de excitação na hora do sexo e da masturbação. Mas tem homem que não entende que ser gay = transar com homem, e não = sentir prazer pelo cu. Se uma mulher enfia o dedo no seu cu ou se você mesmo faz isso, colega, você não é gay, apenas sabe o que é bom. Mulheres, tem isso em casa também! E queridos(as), lembrem-se de experimentar também o beijo grego. Fikdik.


Por que a pornografia não serve pra brincadeiras coletivas?

Quem não se masturba vendo filmes ou fotos pornô? É ótimo, você vê o objeto imaginário do seu desejo e se sente excitado. Mas quando as pessoas tão transando não gostam que o outro veja pornografia, pq pensam: “eu não sou bonito(a) o suficiente pra excitá-lo(a)”. Querido(a), talvez você seja, mas uma ajudinha a mais não faz mal. Tb há uma grande possibilidade de vc de fato não ser, mas isso é normal! Não quer dizer que a pessoa, uma vez excitada, não irá gostar de brincar com vc. Não precisa ter ciúme de alguém q tá lá na foto/vídeo, à qual seu companheiro ñ tem acesso. Permitam-se! Vai ser bom pra ambos!

O mundo é o lugar mais injusto do planeta: notícias que você não quer ler!

Estudo revela o que acontece com gente feia

Se você não é bonito, você não vai pegar ninguém interessante. O máximo que você vai conseguir é alguém tão feio quanto você, que não te interessa em nada. Tem quem odeie essa comparação, mas foda-se, porque eu gosto: quando você é feio, é como se você fosse uma pessoa passando fome, sem poder comer nada. E o pior é que um monte de filé mignon passa na sua frente o tempo todo, só pra te torturar. É como se você fosse muito pobre, mas seu dinheiro só desse pra comprar pelancas. Mas você não quer pelancas, você gosta é de filé! Foda-se, você não vai comer filé nunca.

Pesquisadores alemães divulgam dados sobre a vida das pessoas pobres

Se você não tem grana, nunca vai conhecer Paris, Londres, nem qualquer outro lugar legal. Se bobear, nem sequer o Rio de Janeiro você vai poder conhecer. Você vai ter que andar de ônibus a sua vida toda, o que vai te impedir de ir a um monte de festas, e vai fazer você perder um tempão e ficar com muita raiva. Você não vai ter acesso a um monte de coisas legais, como boates, shows, TV a cabo, e se bobear até Internet. Vão acontecer coisas absurdas como você, às vezes, como não ter nem um centavo pra comprar comida.

Doenças: saiba tudo o que certamente ainda vai acontecer com você ou com alguém que você ama

Se você não tem saúde, sua vida vai ser uma merda. Você vai sentir dor o tempo todo, vai vomitar e ficar de caganeira o tempo todo, sangrar, feder. Vai ter que parar de comer um tanto de coisa que você gosta, e deixar de fazer um monte de coisas também. Vai viver no hospital, tendo que fazer um monte de procedimentos invasivos.

Vida perfeitinha: colírios contam como é ter família e amigos que os amam!

Se você não tem bons amigos e uma família que te apoie, ou você vai ser deprimido, ou não vai conseguir ter os referencias necessários para construir sem caráter, ou vai ser antissocial. Se você for deprimido, vai chorar o tempo todo e tentar se matar. Se você não conseguir boas referências pra montar seu caráter, você vai roubar, vai ficar viciado em drogas ou em apostas, mentir... (sem sequer notar que tudo isso é errado, ou notando que é errado, mas sem conseguir parar de fazer). Se você é antissocial, ninguém vai te ajudar em nada, o que vai tornar toda sua vida mais difícil, e quando alguém tentar te ajudar, você não vai querer aceitar.

Você é burro? A onda do momento é se fuder!

Se você não é inteligente, você vai se esforçar pra conseguir entender o que o professor ensina, mas nada vai entrar na sua cabeça. Ele vai achar que você é preguiçoso. Você vai ter que repetir um monte de disciplinas. Todos vão zuar você. Você vai ter dificuldade pra arrumar emprego. Você vai ser demitido facilmente.

O que acontece quando uma amiga da sua família está no hospital em estado grave?

Hoje fiquei sabendo que uma amiga de família está entubada, no hospital, por que teve um ataque do coração, e vai precisar fazer uma cirurgia. Ela já estava se preparando pra outra cirurgia, mais séria ainda: ovos de solitária na cabeça. Essa pessoa sempre teve uma saúde muito debilitada: tem problemas psiquiátricos e não pode ter filhos, por ter um problema no útero.

Agora eu te pergunto: o que ela fez pra merecer tudo isso, porra?

Sério. O fato de a realidade da vida cotidiana ser objetiva é uma merda. Se você não for rico, ou bonito, ou saudável, ou inteligente, ou não tiver bons amigos/família, você só se ferra. Um monte de portas se fecha pra você, e não há nada que você possa fazer contra isso.

Daí você fica tão puto que escreve um post imenso pro seu blog inútil.

Eike Batista tem mais dinheiro que um terço da população global junta!

Tantas pessoas próximas de mim tem tudo! São ricos, bonitos, tem saúde, família, amigos e são inteligentes! O que diabos elas fizeram pra merecer isso? NADA. A vida não é mérito. É sorte. Sorte de nascer como se é. Sorte de conseguir uma oportunidade que mude a sua vida. Se você for esforçado, as oportunidades podem até ocorrer menos dificilmente, mas nada é garantido.

Daí eu escuto que Eike Batista está três bilhões de dólares mais rico em um ano. Como pode isso, meu Deus? No mesmo mundo em que dois bilhões de pessoas passam o dia todo com menos de 200 calorias?

Por isso eu fico cada vez mais com preguiça de acordar, o mundo subjetivo dos meus sonhos é tão melhor! Queria estar acordado e acordar de novo, em um mundo diferente.

Poesias cretinamente minhas

Nunca gostei de fazer poesias, mas neste fds fui tomado por uma força incontrolável... Todas as poesias abaixo, neste post, foram compostas por mim, Vanrochris Vieira.


Viva!

Eu vivo.
Vivo.
Morto.
Vivo.
Morto vivo.


Suspiro
Ah, se eu fosse coitado!
Queria ser um pobre coitado!
Pobre eu já sou...
Só falta ser coitado.

Ah, seu eu fosse fodido!
Queria ser um viado fodido!
Falta achar um outro cervo...
Um para o qual eu sirva.


Quero
Quero um carro.
Quero uns amassos.
Quero uns amassos no carro.
Quero grana.
Quero romance.
Quero um romance que engrene.


O s que sobra e o S que falta
Homens
Oh, men!
Tessão
exo


Sinto Muito
 Pinto...
  Sinto
   Vindo!
    Minto...
     Muito.
      Coito...
       Doido!


Matemática
1 + 1 = 2
52 = 1
52 + 52 = 2
104 = 2

Afonso Pena, lá vou eu!

Obs: 52kg era o meu peso quando escrevi essa poesia. 104 é um ônibus que sobe a Avenida Afonso Pena.


Varão ungido

   – Deus, Eva e Adão no Paraíso.
  – Deus é viadão? Quem tá nu? Para isso o quê?
 – Deus é viado não! Para com isso!
– Desce a vara, então! Não para! Isso!


A mazela de cada um
Ser feio é feio.
Ser feio dói.
Ser pobre é pobre.
Ser pobre sucks.

Sendo feio, ninguém me sucks.
Sendo pobre, nowhere says me “hi”.


Aff
Afeto é o que me falta.


Infância em MG
(Mãe, chegando na casa da Tiana, encontra Érica na porta.)
Proncetaíno?
Na Vó! O Guim falô quela fez brevidade.
Uai, mais ela tava pra casa da Tchá Didi... Isso é mintira dele, né não?
Asveiz não... Óia o chero bão que tá vino de lá!
Uai, intão peraí queu vô lá tamém.
Cêis num pricisa i lá, não! Ela já invém trazê aqui procêis.
(Todos comemoram. Eu quieto, num canto, desenhando.)
Van, para quesse imbondo, ca sua vó já invém.
(Eu continuo a desenhar.)


Infância em MG [2]
Cheiro de joaninha de chuchu.
Boizinho de chuchu.
Brevidade.
Power Rangers.
Boquete no primo.


Infância em MG [3]
Mês?
Setembro!
Mês?
Março!
Mês?
Abril!

O que é que você quer da vida?
Uma casa!
Da Xuxa ou da Angélica?